quarta-feira, 20 de junho de 2007

SIM PODE NÃO

Deitado nos pufs do Cine Vila Rica (leia post 17 JUN, domingo) assisti o maravilhoso PROIBIDO PROIBIR de Jorge Duran. Um belo presente da 2ª CINEOP.

Com roteiro bem alinhavado por Jorge Duran e Dani Patarra, com colaboração de Gustavo Boher e Eduardo Duran, o filme tem bom ritmo e te prende já desde o início com imagens fortes numa ala de oncologia de um hospital, permeadas por alucinações de um jovem estudante de medicina.

Três jovens universitários vivem um triângulo amoroso no Rio Janeiro. Paulo (Caio Blat), estudante de medicina, adora balinhas alucinógenas e as toma enquanto atende seus pacientes, Leon (Alexandre Rodrigues), estudante de sociologia, divide moradia com Paulo, seu melhor amigo, e namora Letícia (Maria Flor) que estuda arquitetura. Tudo corre bem entre eles, já que o triângulo amoroso ainda não se consumou. Uma questão de vida ou morte envolvendo uma paciente de Paulo muda os destinos de suas vidas pra sempre.

Trio de extremo talento e presença em cena. Viva a dramaturgia brasileira!

Com a direção de fotografia nas mãos de Luiz Abramo, o filme ficou afinado. Esse rapaz fotografa com simplicidade e força expressiva. Fez-me lembrar o Toca Seabra (Cão Sem Dono e O Invasor), fotógrafo predileto de Beto Brant. Numa das cenas do filme aparece em segundo plano o cartaz de O INVASOR. Uma clara homenagem dos diretores.

Uma co-produção Brasil-Chile através do programa Ibermedia.

3 comentários:

Tatiana Campos disse...

FAel eu quero ver todos esses filmes indicados por vc. bju

Otávio disse...

Estive na mostra e foi onde conheci esse maluco blogueiro aí. Vimos o cao se dono juntos, assim como criamos uma paixão um tanto quanto platônica (kkkk) pela Tainá Muller. Q me desculpe a sua namorada, ficante, amiga kkkkk.
Então continue escrevendo e postando sobre cinema que ta mto massa de acompanhar, como te disse ler seu blog me deu saudade da Vila Rica e do seu festival de cinema.
Um abração velho!

kennedy rafael disse...

"não perda!" tatis bjus

pois é ota a mina é linda. nóis pode fala pq vimo de perto né não. abraaaço véio.