sexta-feira, 22 de junho de 2007

Pro Dia Nascer Feliz

Antes que me esqueça e pra terminar a epopéia da 2ª Mostra de Cinema de Ouro Preto devo prestar homenagens a um grande diretor que com apenas dois longas no currículo se transforma pra mim num referêncial de documentarista brasuca. Falo de João Jardim que dirigiu junto com o não menos competente Walter Carvalho o maravilhoso Janela da Alma que traz à luz o olhar. As diversas formas de olhar. Um filme imperdível.

Contudo quero falar de outro filme que vi na segunda-feira, 18 na Mostra. Trata-se de Pro Dia Nascer Feliz. Documentário sobre os contrastes da educação no Brasil que vai além das questões educacionais e sociais. O filme descortina poeticamente o Brasil passando por Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo pra mostrar sem maquiagem a vida de brasileiros que querem saber mais.


Algumas passagens são maravilhosas como a da pequena poetisa de Pernambuco. Outras chocantantes como a cofissão de assassinato de uma menor dentro de sua escola.

Fica bem claro nesse filme os fatores que determinam o sucesso de um estudante: a base familiar, a estrutura e capacitação das escolas e o desejo do aluno de se superar.

Com fotografia bem afinada de Gustavo Hadba e ediçao desconstruida do próprio Jardim o filme nos fere fundo na carne de forma a não deixarmos de compreender que o Brasil, apesar da má educação pública, tem força pra se superar e, na outra ponta, precisa ser levado de vez a sério pelos homens de terno. A estrutura educacional brasileira esta em frangalhos. A educação esta em coma e em estado gravíssimo. Vamo acordá!

Como diz a letra da música dos Engenheiros do Hawaii:

Ouça o que eu digo
Não ouça ninguém
...
O que nos devem
Queremos em dobro
Queremos agora!

2 comentários:

Polly disse...

Ei rafael!!! parece bem interessante esse "pro dia nascer feliz", seu blog tá show!!!!!!!!!!!!!! vc escreve muito bem:) parabéns!!!

kennedy rafael disse...

Brigado polly, pela força. Esse filme é ótimo espero que vc tenha a oportunidade de vê-lo aii. bjos ex-magrelinha.